Na terça-feira, dia 21 de novembro aconteceu o primeiro encontro após a remontagem da Exposição Cartografias do Baianão no projeto Musicart, o encontro aconteceu na propria sede da instituição que contou com a presença de representantes do Musicart, do CRAS – Frei Calixto e da Escola Municipal da região.

O bate papo aconteceu com intuito de informar a comunidade sobre o projeto Cartografias da Cultura, o método de pesquisa utilizado e como se constitui o modelo diferenciado que busca abranger a pesquisa cartográfica.

No primeiro momento foi explicado pelo prof Alemar, o intuino no mapeamento dos pontos de cultura na região do Baianão e a força contida nestes trabalhos que não estão na rota cultural traçada na cidade de Porto Seguro. Foi explicado também a importância da construção a partir do mapeamento, a partir do momento que se tem conhecimento destas forças culturais individuais, elas tomam corpo e que sejam criadas redes de (co)relação, amplificando o alcance de cada um dos pequenos, formando uma grande teia. Em seguida os representantes das instituições falaram sobre as áreas de atuação de seus respectivos grupos, como o projeto soma individualmente, além dos aspectos positivos para os grupos de trabalho que as cartografias poderiam gerar com o mapeamento dos pontos de cultura do baianão.
O mapa da região foi aberto e houve uma discussão em torno do mesmo, foram identificados pontos que promovem ações culturais para que seja um local de partida dos próximos encontros, foram discutidas sobre possíveis melhoras no mapa a ser utilizado e a possibilidade de um número maior de pessoas trabalhando em torno desta cartografia.
Ficou proposto para o próximo encontro no dia 05 de dezembro, que já fossem levados esses pontos de cultura em mente e que houvesse um folder-convite fazendo este chamado. Também foi proposto que houvesse um novo mapa com mais referencias para localização dos espaços.